segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Depilação: Tudo o que você precisa saber sobre

Ao contrário do que é dito sobre ser uma imposição moderna sobre beleza, a depilação voltou a ser popularizada a partir da década de 20 e 30 por questões de higiene,nas pernas. Logo após 1950, segunda metade do século, começou a ser popularizada a prática de depilação nas axilas. Nessa mesma época surgia o biquíni, dando indicações de que a estética seguiu a moda. Mas as práticas e os métodos de depilação já existiam desde de 2000 anos A.C.

Na Grécia antiga, homens e mulheres depilavam o corpo todo com métodos bem sofríveis. As moças queimando os pêlos com cinzas quentes, ao ponto de ser preciso beber algo forte para entorpecer o corpo. Enquanto os homens misturavam vários tipos de sangue com gordura animal e trissulfeto de antimônio, que provavelmente teria que secar em cima dos fios para prender e ser retirado com carcaça de tartaruga.









Posteriormente surgiu o Estrigil, uma espécie de espátula usada para retirar uma pasta à base de vegetais, cinzas e a argila, eliminando os pêlos.


As mulçumanas também raspavam o corpo todo com uma mistura de açúcar e sumo de limão e as egípcias usavam o extrato de sândalo, a argila e a cera de abelhas.Um tecido era colocado sobre a mistura para ajudar na retirada dos pêlos. Primeiras versões do que conhecemos hoje por cera quente. O manuseio de uma linha na pele que se assemelha ao efeito de uma pinça é outra técnica egípcia.

Os métodos de depilação hoje, são pinça, cera fria, cera quente,lâminas, depiladores elétricos, cremes depilatórios e alguns tipos de depilação definitiva.






Pinça: Usados normalmente nas sobrancelhas, para desenhar e tirar o excesso. Costuma durar duas ou três semanas.












Cera fria: É recomendável usar em áreas extensas como perna e coxa, provoca uma dor média. Costumam durar 20 dias e é aplicado na pele usando uma folha de plástico pincelado com a cera e puxando para o lado contrário do crescimento dos pelos. Contra: se não for bem feito, ao invés de puxar o pelo pela raiz, o fio parte e fica com um crescimento irregular. A cera fria pode causar alergias,a pele fica avermelhada por causa da agressão. à favor: para quem tem prática é um método rápido.










 

Cera quente: Um dos melhores métodos. Poder ser aplicada em qualquer parte do corpo. Basta esquentar a cera em um uma panela apropriada e deixá-la no ponto semelhante ao da consistência do mel, aplicar com uma espátula de madeira e retirar com uma folha de fibra. O próprio calor da cera facilita a retirada dos pêlos. existem vários tipos no mercado,cera de mel,de algas, de argila preta. Mas as duas últimas são as melhores porque tem uma consistência elástica maior. A cera não parte na pele depois que esfria.Isso facilita na remoção. Com o tempo, os pelos crescem mais finos. Duram em média 20 dias pra começar a nascer os fios novamente. Além da panela, já existe um aparelho elétrico usado com um refil de cera que facilita o processo. Nas áreas mais sensíveis do corpo, dói demais. Mas o efeito vale a pena.


Láminas: A maior vantagem mesmo é a praticidade,mas além de ressecar a pele, o fato de cortar os fios ao invés tirar pela raiz, faz com que cresçam de forma irregular e mais grosso,além de empolar e encravar os pêlos. Níquel é alérgico. Dura um dia e meio. O melhor é só usar do joelho pra baixo e na axila apenas como manutenção no período dos 20 dias entre uma depilação de cera e outra, no caso das mulheres. A dica é usar com creme de barbear masculino, alivia bastante o ressecamento. mas o pós barba arde DEMAIS!

Depiladores elétricos:  Existem tanto os masculinos quanto os femininos. Funciona como uma pinça elétrica e provavelmente é preciso ter um tamanho considerável para que a lâminas do depilador/barbeador elétrico alcance os fios. 

Cremes depilatórios: Não são tão práticos assim. As vezes levam mais do que os cinco minutos prometido,mas mesmo assim conseguem ser melhor que a lâmina. Deixa a pele macia mesmo, os fios não crescem mais grossos e sim maiores. Dura três dias a depilação. Mas é preciso aplicar uma camada generosa e homogênea para obter um efeito completamente satisfatório. Algumas marcas ofereciam uma espátula de plástico,que eram bem úteis mas uma esponja ou uma toalha para retirar o produto durante o banho,são satisfatórios. Não é recomendável para o rosto seja buço ou barba.


Depilação definitiva: Existem 3 métodos. À laser, eletrólise e luz pulsada. A primeira são no mínimo 10 sessões de um laser aplicado que provoca o enfraquecendo o pelo e até eliminar raiz. É preciso que os pelos estejam na fase de repouso onde estão completamente crescidos ou com 1 centímetro de uma sessão para outra. Devem acontecer no espaço de um mês segundo a especialista consultada. E depois das 10 sessões, uma vez por ano. O cuidado é  em consultar uma empresa idônea, pelo  risco de manchar a pele.

Eletrólise são choques aplicados através de uma agulha na raiz, fio por fio. Doloroso e longo sofrimento em 10 sessões que são pagas por  hora,cada uma delas.

Luz pulsada soa bem enrolação de esteticista. Para quem já tenha experimentado, o espaço está aberto para opiniões a respeito.


Há que se considerar que o pêlo não desaparecem pra sempre. Eles tem 3 fases de crescimento e costuma crescer mais rápido no inverno, como proteção natural do corpo ao frio. O ideal é depilar pelo menos uma vez no mês. Após os 20 dias, deixar um período para que o pêlo cresça e a depilação seja feita de forma homogênea, evita o trabalho de fazer mais manutenções em períodos mais curtos. Economiza tempo e dinheiro. Num período de 10 dias em que começam a aparecer pode ser incômodo,mas esse tempo precisa ser respeitado. Nem sempre é preciso depilar o corpo todo. Pêlos nas coxas,por exemplo, não soa anti-higiênico. Há mulheres que gostam e homens também. 

*O fato é que depilação está associada a exposição dos corpos,uma sensível facilidade aerodinâmica para os esportistas, diminuição do risco de infecções em caso de ferimento causado por uma queda, ao clima de verão e pouca roupa e não exatamente a uma imposição de beleza feminina sexista.







A pergunta é: Em quê essa informação acrescenta para melhorar o desempenho dos produtos de depilação?